sexta-feira, 10 de setembro de 2010

O Tigre na Medicina Chinesa

Uma das maiores ameaças a sobrevivência ao tigre hoje em dia vem da medicina tradicional chinesa. Cada parte tem uma utilidade médica de acordo com as superstições orientais:

• O rabo pode ser moído e misturado com sabão para ser aplicado como unguento para tratar de doenças de pele. Ainda os ossos da ponta do rabo são usados como amuletos para espantar maus espíritos.


• Sua pele é utilizada como tapete para curar uma febre causada por maus espíritos. Porém convém tomar muito cuidado: Caso a pessoa fique muito tempo sobre o tapete, pode se transformar em um tigre.

• Pode-se curar uma pessoa com indolência e acne misturando o cérebro com óleo e esfregando pelo corpo.

• Acrescentando-se mel aos cálculos biliares, pode-se aplicar sobre as mãos e os pés para curar abcessos.

• Os pelos queimados são utilizados para afastar centopéias.

• O osso moído, adicionado ao vinho, é um tônico tradicional em Taiwan.

• O globo ocular ingerido como se fosse uma pílula é utilizado para curar convulsões.

• Os bigodes são utilizados como amuleto para proteger contra balas de armas de fogo e para dar coragem a pessoa.

• Para impedir que uma criança tenha convulsões é só retirar os pequenos ossos das patas e amarrá-los nos punhos dela.

• Seu pênis é o principal ingrediente de uma sopa afrodisíaca muito apreciada em vários países do Oriente.

• As costelas são usadas como valiosos amuletos.

• Há quem acredite que comer o coração de um tigre ganhe coragem e força.

• Quem carregar uma pata no bolso terá coragem e ficará protegido contra eventuais sustos inesperados.

• Carregar a unha de um tigre dá boa-sorte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário